A colônia perdida

Dessa vez, a mente brilhante de Artemis pode não ser o suficiente. Ele terá que tomar decisões que colocam em risco sua própria vida. E ninguém, nem mesmo Butler, poderá ajudá-lo.

Dez mil anos atrás, humanos e seres mágicos travaram uma grande batalha pela ilha mágica da Irlanda. Mesmo com magia, as fadas perceberam que não poderiam vencer a superioridade numérica dos seres humanos. Eles decidiram, então, levar sua civilização para os subterrâneos, apagando qualquer vestígio de sua existência da superfície. Todas as famílias das fadas concordaram com o plano, exceto uma: a dos demônios. Para fugir dos humanos, os poucos demônios que possuíam magia fizeram um complexo feitiço para retirar sua ilha do tempo. E nem os outros seres mágicos sabem muito bem como (e onde) eles vivem…

O que os demônios não fazem ideia é que alguma coisa deu errado com o feitiço que os isolou do tempo. Lentamente, mais e mais desavisados estão sendo sugados de volta para o mundo dos humanos. Essas aparições podem parecer aleatórias para uma pessoa normal, mas Artemis Fowl não é uma pessoa normal, e só ele pode prever quando e onde será a próxima materialização. Ele terá de se unir novamente à capitã Holly Short, ao anão Palha, ao centauro Potrus e a uma agência secreta da LEPrecon para impedir que toda a ilha dos demônios volte ao século XXI, e impedir assim que os humanos descubram a existência de seres mágicos. Mas, em seu caminho, surge uma nova, astuciosa e inteligente adversária. Ela é humana e tem apenas 12 anos…